O ministro Luiz Fux, Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), deve assinar nesta sexta-feira (20), um convênio com a Universidade Zumbi dos Palmares e o Movimento AR, – ambos representados pelo reitor José Vicente, para que a instituição conduza estudos e pesquisas que viabilizem a implementação das cotas para juízes e estagiários negros no Judiciário.

O Movimento AR, que tem buscado dialogar com empresários em prol de ações contra a discriminação racial, visa intensificar e fortalecer políticas afirmativas de inclusão de negros no ambiente universitário e em concursos como forma de combater o racismo estrutural no ambiente público.