A Universidade Zumbi dos Palmares, a ONG Afrobras, o Movimento AR, a Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e a Virada da Consciência expressam profunda repulsa ao assassinato de João Alberto Silveira Freitas, homem negro, de 40 anos, espancado e morto por dois seguranças funcionários de uma unidade da rede de supermercados Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite do último dia 19.  

“Repudiamos com todas as nossas forças o assassinato do cidadão negro João Alberto Silveira Freitas, por seguranças do Supermercado Carrefour, na cidade de Porto Alegre. É criminoso um ambiente empresarial em que um cidadão entre para fazer uma compra e saia morto. E é conivente todos aqueles que se omitiram e não tomaram as medidas para que essa morte fosse evitada. Inclusive os que se calam. É da mesma forma frustrante e indigna a atitude de autoridades e sociedade civil que não se coloquem de pé diante dessa barbárie.”

Em virtude da ação, que vai totalmente na contramão do que defendem, articulam e praticam, comunicamos ainda o desligamento, por tempo indeterminado, da empresa Carrefour como membro signatário da Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial. Também a suspensão da mesma como patrocinadora do evento Jornadas da Diversidade desse ano e Virada da Consciência 2020, em realização até o próximo dia 22.